terça-feira, 12 de agosto de 2008

Dois conceitos para um fim comum

A comodidade faz dos jornalistas atuais representantes exemplares do funcionalismo. Afinal, desde sempre fazer o que o chefe manda foi fácil e funcionou. Nunca houve porque contrariar.

Os meios, entretanto, não saem enfraquecidos desta relação jornalista/ trabalho, pois sua postura é oposta: hipodérmica. Talvez não de modo militante, ou apenas militante na aparência, mas na realidade hipodérmica com interesses direcionados para seu sucesso.

Para isso, contudo, é necessário que seus funcionários não contrariem as ordens e realizem o trabalho sem questionamentos, findando com sucesso os dois módulos conceituais para cada sujeito. Para o jornalista, funcional, sucesso na profissão resultando em trabalho e salário fixos. Para o meio, hipodérmico, sucesso na reprodução de suas atividades para com o público, que lhe fornece o que lhe for induzido.

Elisandra Rios, Nicolle Almeida, Stephanie Ferrari, Thainá Laureano

Nenhum comentário: