quinta-feira, 7 de agosto de 2008

Entrevista: Luigi Poniwass

1. Nome completo, idade, em que jornal trabalha e há quanto tempo?

Luigi Poniwass, 33 anos, trabalho na Gazeta do Povo há quase quatro anos.

2. Quais jornais, revistas, rádios e canais de tv, blogs você lê, assiste ou escuta regularmente? com que frequência lê livros e assiste filmes?

Leio a Gazeta, um pouco da Folha de S.Paulo, ouço a 91 Rádio Rock, a Mundo Livre e a Lúmen, gosto dos blogs Te Dou um Dado?, Popload e o do Zeca Camargo, assisto à Globo, Band (CQC) e mais raramente o SBT e diversos canais da tevê a cabo. Tento assistir a pelo menos um filme por semana, e levo muito tempo lendo o mesmo livro (costumo ler apenas antes de dormir).

3. Qual sua relação com Curitiba? Qual lugar ou lugares com que você se identifica?

Já foi bem conflituosa, hoje acho que consigo perceber o que a cidade tem de bom. Me identifico principalmente com casas noturnas e restaurantes.

4. Qual a sua função no cotidiano do jornal?

Sou colunista e tenho um blog sobre vida noturna.

5. Quando o jornalismo é mais entretenimento e quando é mais informação?

Conforme o assunto. Mas é possível cobrir o dia-a-dia, as hard news, de uma forma mais atraente. O problema é que, no Paraná, nem quando o assunto é o entretenimento a abordagem procura entreter o leitor/ouvinte/telespectador. É tudo muito careta...

Nenhum comentário: