terça-feira, 12 de agosto de 2008

JORNALISTAS HIPORDÉRMICOS X FUNCIONALISTAS

Embora o termo hipodérmicos tardios não esteja à frente em todas as análises feitas, o jornalista Alceu Jubanski, 55 anos, acredita que a mídia expõe fatos que influenciam diretamente o receptor, pois acredita que, usando seu alto poder de persuasão, a mídia televisiva não o deixa digerir a informação, fazendo com que forme opiniões muitas vezes alienadas. Quanto ao impresso, o jornalista não sente a mesma influência causada pela mídia televisiva. As pautas são feitas de acordo com a necessidade da sociedade, ou seja, a mídia lhe traz o que é de interesse público. A relação receptor e emissor, independente se o meio é de massa ou para um público mais limitado, sempre irá acontecer. Diagnosticar a que “quadro” se encaixa o profissional jornalista é muito limitado a que veículo ele está dirigido. Sem dúvida uma mídia potente, por possuir condições de recepção em massa, é capaz de direcionar opinões e influenciar os receptores.

Elizangela Jubanski, Flávia Calixto Barbosa, Kim Kopycki, Larrisa Sandri e Milena Brambilla.

Nenhum comentário: