domingo, 3 de agosto de 2008

A Modernidade e os Meios de Comunicação

Ilana Polistchuk em seu texto “Modernidade e Meios de Comunicação”, se refere que a sustentação da noção de modernidade é dividida em três núcleos de significação: significação cultural, cognitiva e ética; significação econômica e social e a significação política.

A modernidade, ou melhor, a Idade Moderna, que iniciou em 1492 até a Revolução Francesa em 1789. Ou seja, a Modernidade são as transformações que ocorreram neste ínterim de 297 anos de Idade Moderna, transformações na esfera cultural, política e social. Neste contexto, surge também a mídia, ou se preferirem, os meios de comunicação. Segundo a autora, os meios de comunicação e a modernidade sempre andaram juntos e estão ligados, mesmo quando em descendência ou ascendência.

Por fim, ainda que a Modernidade seja dividida em núcleos de significação, a maior característica da Modernidade são os meios de comunicação, prova disso, são os apagamentos das perspectivas espaciais, conhecida como “desterritorialização”, onde os meios de comunicação foram de forma considerável os culpados no cartório – isto tudo pela sua força e influência nos tempos modernos.


*Adriano Ribeiro e Rodrigo Riesemberg

Nenhum comentário: