sábado, 2 de agosto de 2008

Polistchuk e Bauman

Polistchuk fala sobre a relação da Modernidade, com os Meios de Comunicação. Para ele, a noção de idade moderna se sustenta em três núcleos de significação: cultural, cognitiva e ética; econômica e social; política. Dentro da modernidade, os Estados propiciaram a formação das sociedades de informação, onde os meios de comunicação colaboram para o êxito social e político.
O autor acredita que a Modernidade é o “conjunto de transformações que ocorreram no âmbito da cultura e da vida social no curso dos últimos três séculos”, e que dessas mudanças resulta o mundo atual. Polistchuk comenta ainda sobre a mídia, fazendo relação com espaço intermediário, lugar para onde tudo converge. “Para ela, não há assunto inteiramente desinteressante”, diz, pois para a mídia tudo pode se tornar um ‘acontecimento’. Ainda dentro da mídia, surge a ‘mass media’, ou meios de comunicação, que ocupam lugar de destaque na Modernidade em meados dos anos 70. O autor acredita que a mídia ‘reencanta o mundo’.
“Na Modernidade, a mídia (...) desempenhou (e ainda desempenha) importante papel no âmbito da existência psicossocial coletiva”, diz Polistchuk, que ainda explica a diferença entre a onipresença e a onipotência dos meios de comunicação.
Entre o período de 1940 e 1960 a mídia preocupa-se com idéias. A partir daí, fez-se fonte de poder social e passou a representar instrumento de ‘exercício efetivo em âmbito urbano’.
Bauman tem relação com o texto do autor acima quando vê o mundo moderno. Para ele, “uma cidade é ‘um assentamento humano em que estranhos têm chance de se encontrar’”. O autor comenta que, durante um encontro de estranhos, não há passado e nem futuro; “é uma oportunidade única a ser consumada enquanto dure o ato”. As máscaras que ele diz existirem serviriam para proteger as pessoas umas das outras, deixando os sentimentos privados, mas permitindo que possam estar juntas. “Usar uma máscara é a essência da civilidade”, afirma o autor.


Anelise Caparica, Mariana Scoz, Talita Corrêa

Nenhum comentário: