segunda-feira, 6 de outubro de 2008

A Reconfiguração do Jornalismo


O WebJornalismo é um dos produtos da cibercultura. A cibercultura pode ser divida em três dimensões que, somadas, constituem um espaço em que o jornalista também está inserido: A dimensão tecnológica, a intelectual e a sociocultural.

Com a multiplicidade de mecanismos online para dinamizar a informação através de novas tecnologias, o também chamado jornalismo digital apresenta os mais diversos conteúdos na web. Hipertextos e multimídias ampliam o campo de visão e compreensão dos fatos que são reforçados à medida que estão disponíveis para o público em geral.

O ciberespaço surge a partir da convergência das mídias e da arte, proporcionando mais interatividade ao internauta, considerado “prossumidor” (WURMAN, 2005), neologismo que une os termos produtor e consumidor, no caso, de conteúdo.

Além dessa possibilidade de compartilhamento de informação e obtenção de conhecimento, há outra característica do webjornalismo que é conseqüência da cibercultura: o formato e a linguagem, os quais são mais atraentes para o consumo de meios de comunicação de massa. Com toda a rapidez no processo emissão-recepção, questiona-se então sobre a efemeridade da produção on-line e o impacto provocado na sociedade que, cada vez mais, busca o maior número de artifícios para seu desenvolvimento.
Aline Gabriela Presa e Natasha Victoria Schaffer.

Nenhum comentário: