sexta-feira, 31 de outubro de 2008

A telenovela como elemento social

Juntamente com a família, as instituições de ensino e os círculos sociais, a televisão também é responsável pela formação de opiniões, ideologias e conceitos de toda a sociedade. Por esse motivo, ela é constantemente submetida a vários estudos, em que são analisados os mais diferentes aspectos.

Tendo por base o trabalho “A recepção da telenovela por jovens de classe popular”, não é difícil perceber a grande influência que as novelas brasileiras exercem na vida desse segmento social, seja essa influência exercida passivamente, seja ela encarada de uma forma mais crítica e com certa censura.

Toda telenovela brasileira têm por base um conflito, e esse, mesmo que sem grandes modificações, difere-se de uma novela para outra. Além desse elemento, a abordagem de diferentes classes sociais e, principalmente, o convívio de indivíduos pertencentes a esses dois grupos diferentes é essencial. Toda novela traz essa abordagem, e praticamente todas elas também mostram relacionamentos, seja de qual tipo for, entre essas classes.

Entende-se que esses relacionamentos acontecem na vida real, aquela vivida fora da televisão, são possíveis e constantes. O que a televisão traz de diferente, tentando de certo modo mascarar a realidade, é a facilidade desses relacionamentos e, mais ainda, a diferença desses. O relacionamento amoroso entre pessoas de diferentes classe sociais e constante nas telenovelas e, sabe-se, que na vida real eles apresentam-se em números muito escassos.

Apesar desse elemento ser importante para o entendimento deste meio, o que realmente importa nessa análise é a ideologia do desempenho. A televisão, em especial as telenovelas, apresentam a ascensão social como sendo fruto apenas de mérito próprio, excluindo-se as intervenções sociais e toda a conjuntura socio-econômica à qual o indivíduo está inserido. Essa visão, apesar distorcida, é encarada como verdadeira por alguns elementos do grupo analisado, o que mostra, sem analisar outros esferas que também interferem na formação desse conceito, que a televisão é um dos principais meios que influenciam no pensamento desse segmento da população.

Por Daniela Gorski, Francieli Santos, Iara Maggioni, Karin Sampaio, Tabata Viapiana

Nenhum comentário: