sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Uma nova forma de Jornalismo

Uma nova forma de Jornalismo

O comprometimento com a notícia sempre foi e continua sendo o objetivo principal do jornalista. Desde o surgimento de relatar os fatos e noticiá-los o jornalista pensava em transmitir a verdade, e mesmo com todas as modificações geradas pela tecnologia e globalização esses objetivos continuam sendo os mesmos.

Segundo André Lemos “podemos compreender a cibercultura como a forma sociocultural que emerge da relação simbiótica entre a sociedade, a cultura e as novas tecnologias de base micro-eletrônica que surgiram com a convergência das telecomunicações com a informática’’. Com isso percebemos que a mudança de valores culturais foi muito grande, em que a tecnologia mudou costumes e hábitos. Antes as pessoas iam até a banca, compravam os jornais levavam para a casa e liam. Hoje a venda dos jornais está diminuindo cada vez mais, e vários pesquisadores da cibercultura e webjornalismo prevêem o desaparecimento do impresso daqui 20 e 35 anos no máximo.

Essa mudança afetou no cotidiano das pessoas, que antigamente tinham mais tempo para ler, estudar, hoje pelo desenvolvimento do capitalismo, a busca pelo dinheiro é maior, a rapidez, agilidade e praticidade é o que todos procuram. É por isso que o jornal on line está crescendo cada vez mais, ele é rápido, prático e em poucos minutos conseguimos nos informar sobre o mundo. Até porque o aprofundamento da notícia não é tão necessária, o que realmente é exigido pelos leitores é a qualidade de síntese. Marshall McLuhan afirma que as tecnologias afetam a sociedade, e de forma implícita provocam mutações sociais. A tecnologia veio para facilitar a vida humana, ajudar nas tarefas, contudo não se pode dizer que ela controla o ser humano.

O jornalismo on-line está criando seu espaço, com mudanças de linguagem e estéticamodificada. Segundo alguns estudiosos da área, o webjornalismo está se aprimorando para formar sua identidade. No início era a linguagem do impresso, depois passou para uma transição de textos para televisão e rádio, aos poucos a linguagem está sendo definida. Afinal o jornalismo on-line passou por três gerações que foram se aperfeiçoando de acordo com a tecnologia oferecida.
Com todo esse desenvolvimento, o que é encontrado hoje no webjornalismo é um texto de fácil leitura, música, filmes e fotografias, compondo as páginas de maneira que o leitor possa navegar com facilidade e pelo texto.
Ana Luisa, Cleverson, Livia e Tabata

Nenhum comentário: