segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Muita informação é igual a nenhuma informação. Enquanto o ser humano não conseguir se focar em algo específico, acabará tendo um conhecimento superficial, facilmente esquecido e que no fim só levará a interpretações equivocadas. O excesso é improdutivo, inútil e acaba com a nossa capacidade de selecionar o mais correto. Enquanto não decidirmos o que queremos saber, nada saberemos!
Oliver Kovacevich Altaras

Nenhum comentário: