sábado, 8 de novembro de 2008

Real Beleza?

Uma campanha criada pela Dove mostra o motivo pelo qual mulheres comuns parecem nunca estar satisfeitas com sua aparência. No vídeo, uma mulher é maquiada e produzida para uma sessão de fotos. Então, uma dessas fotos é tratada no photoshop. O resultado afinal é absurdamente distante da realidade inicial.




Já em uma campanha recente da Loreal, a atriz e cantora Beyonce teve a cor de sua pele visivelmente clareada. É claro que a marca foi criticada por isso, mas o caso é só mais um exemplo de que a beleza hoje imposta pela mídia é inatingível até mesmo para as modelos e estrelas da música e do cinema.




As mesmas revistas femininas e adolescentes que volta e meia publicam matérias pedindo atenção à doenças como anorexia e bulimia e pregando a auto-estima, também publicam fotos de modelos magérrimas e donas de rostos perfeitos nas páginas seguintes. É o caso, por exemplo, da revista Nova, que em suas últimas edições lançou uma campanha para que as mulheres assumam e não tenham vergonha da celulite. Nessa campanha, mulheres famosas usam camisetas com frases e desenhos, assumindo ter o "problema".

"NOVA declara: chega de preconceito! Basta de transar no escuro! Fim da ditadurada canga! Afinal, eu tenho, tu tens, ela tem. Nós temos, vós tendes, elas têm. Algumas não têm — mas ainda vão ter. Epidemia? Síndrome? Maldição? De jeito nenhum. A celulite não deixa de ser uma tradução da essência feminina".

Na mesma edição que publicou essa campanha revolucionária, foi também publicada uma matéria que ensinava exercícios, massagens e cremes para que a celulite fosse combatida e para a conquista de um abdômem "chapado". É de deixar as mulheres, no mínimo, confusas.

Julliana Bauer







Nenhum comentário: