quarta-feira, 11 de março de 2009

Comunicação...

Processo pelo qual ideias e sentimentos se trasmitem de indivíduo para indivíduo, tornando possível a interação social. O mecanismo de comunicação abrange não somente os órgãos somáticos destinados à transmissão, mas também todos os instrumentos de transmissão verbal, escrita, mímica ou mecânica. A língua, como sistema de símbolos fonéticos, constitui o meio primordial de comunicação. Pela linguagem os homens compartilham das experiências feitas pelos demais membros do seu grupo. A perpetuação das experiências do passado, depende da existência de uma tradição oral. Pela escrita, sobretudo pela impressão mecânica, o conteúdo a ser comunicado desprende-se dos portadores humanos, difundindo-se e atingindo a posteridade muitas vezes sem interferência humana. Como o desenvolvimento de certos setores culturais - as ciências e sobretudo a técnica - depende da conservação absolutamente fiel ou objetiva de conhecimentos, é evidente a importância da escrita para o processo de acumulação cultural. Mesmo em suas formas mais rudimentares, a comunicação representa a base da união sócio-cultural de qualquer grupo humano. Somente pela comunicação pode estabelecer-se uma relativa uniformidade de conhecimentos, opiniões, crenças e sentimentos numa dada sociedade. De mais a mais, a forma de organização social, sua extensão territorial e as mudanças que podem surgir, dependem em grande parte, do sistema de comunicação existente. Se existem recursos mecânicos, como o telégrafo, o telefone, a imprensa e o rádio, o ritmo de interação ou desinteração cultural pode sofrer uma intensificação considerável.


Emilio Willems



Alunos Jornalismo manhã A

William Sbizera Saab, Eriksson Felipe Denk, Armando Sagula Neto e Luiz Fernando da Silveira Levinski.

Um comentário:

celina disse...

bom conteúdo apresentado