domingo, 5 de abril de 2009

Função do Jornalismo e do jornalista

"Em uma definição tautológica, a função do jornalista é fazer jornalismo.

A função do jornalismo é processar informação segundo certos procedimentos e valores cunhados ao longo do século XIX e XX.

No século XV, graças a Guttenberg, surgiram os primeiros livros impressos, dos romances e dos periódicos online. No século XVII, a revolução Industrial criou condições técnicas de imprimir grandes volumes, enquanto na Francesa, a imprensa assumiu um papel político imprescindível e se atrelou à própria definição da democracia;

Já no século XIX, nos EUA, há uma mudança de paradigma. A defesa da população é através da denúncia, da busca por revelar informações ocultas, falcatruas. O jornalismo e a velha democracia ainda, mas de forma distinta. A partir daí, surge toda uma deontologia profissional: informação checadas, obrigação de contraditório, exploração de múltiplas posições axiológicas (opinativas) sobre temas controversos. Nada mais democrático. A profissionalização, obrigação de manter independência editorial, ideologia da isenção e da imparcialidade, advento da fotografia e chegamos onde estamos.

Professor Doutor Mário Messagi Júnior
Professor Adjunto do curso de Comunicação Social da UFPR e atual assessor de comunicação e marketing da instituição

Durval Ramos
Cássio Barbosa
Guilherme Gaspar

Um comentário:

celina disse...

bom depoimento, historiado.
mas poderiam ter feito uma materinha, para ficar mais fluente no blog.