quinta-feira, 2 de abril de 2009




Luiz Alberto Kuchnbcker, mais conhecido como Pena, é jornalista, advogado e professor. Já atuou como free lancer e atualmente faz parte da assessoria de imprensa da Assembléia Legislativa do Paraná.
Para ele “o jornalismo tem a função básica de propiciar o levantamento de informações de interesse público e levar essas informações ao destinatário, que é a sociedade. No caso do brasileiro isso tem uma relevância muito especial, considerando que há um déficit generalizado de informação. Há um quadro de “deseducação” formal crônico, muito grave. Muitas vezes o jornalismo é a única fonte de informação de uma legião imensa de pessoas. Então o jornalismo tem a função de propiciar à sociedade, acesso à informações relevantes, capazes de habilitar as pessoas a fazerem escolhas cada vez mais inteligentes acerca de seus destinos.”
Considerando essa a função do jornalismo, Pena conclui que: “A função do jornalista, portanto, é fazer se colocar à altura dessa missão que o jornalismo tem e eticamente levar à sociedade as informações que são úteis, vitais ao próprio aprimoramento da sociedade. O jornalista não deve perder a perspectiva, sua função crítica, essa coleta de informações, essa condição das informações até público deve ser feito segundo critérios muito rigorosos e críticos, no sentido de produzirem matérias realmente relevantes, capazes de interferir e de provocar mudanças e transformações na sociedade”.


Alunos: Bruna Gomes de Oliveira, Giovana Chaves Luersen e Anderson Y. Shimizu - Jornalismo A

4 comentários:

celina disse...

olá
o registro de grupo q tenho é este:
Babylla, Bruna G., Giovana, Vanessa

o q aconteceu?

Bruna Oliveira disse...

problemas professora.

celina disse...

entendo...
falaremos melhor na aula
até

celina disse...

boa matéria, aproveitando bem a opinião do entrevistado.