segunda-feira, 25 de maio de 2009

A divulgação do rock alternativo pela internet

O rock alternativo surgiu na década de 80, fazendo experiência sonoras inovadoras e englobando diferentes subgêneros da música independente que não se encaixavam nas classificações existentes.
Esse gênero inclui diversos segmentos como o britpop, grunge, indie-rock, post-punk que, apesar de diferentes, possuíam uma característica em comum: tocar aquilo que parece ser antagônico ao grande mercado fonográfico da época e local em que estavam inseridos.
Com o tempo, o rock alternativo foi se consolidando no mercado, mas para um público específico, que não consome a música padronizada. Paralelamente à essa consolidação, a internet foi evoluindo e abragendo um número cada vez maior de usuários.Junto com a evolução sonora dessas bandas, a maneira de divulgar as músicas também sofreu grandes modificações. Como dificilmente as gravadoras se interessam e patrocinam artistas que produzem materiais menos convencionais, a internet proporciona um espaço para que sejam divulgadas. Há uma democratização da circulação da música de maneira mais ampla e atingindo um grande público.
Além disso, a mídia tradicional também tem disponibilizado um espaço maior para bandas independentes e assim diversificar o seus produtos, oferecendo mercadorias para um grupo mais segmentado. A partir da divulgação em sites como o myspace, artistas como Lily Allen, Arctic Monkeys e Mallu Magalhães, conquistaram sucesso e depois foram absorvidos pela indústria fonográfica. A música alternativa dessa forma também se encontra inserida na indústria cultural, pois passa a utilizar os mesmos recursos de produção e distribuição que artistas do mainstream.

Turma B - manhã
Equipe:
Ana Luiza de Lima
Lívia Pulchério
Lorena Oliva
Nathália Pontes

Um comentário:

celina disse...

vcs focaram no ponto central da questao - a possibilidade de democratização x a absorção pela indústria.