quinta-feira, 14 de maio de 2009

Funcionalismo versus Teoria Hipodérmica

O texto trata de duas correntes que estudam a comunicação e que ainda são discutidas atualmente. Os hipodérmicos professam que a mídia possui enorme poder no que diz respeito a moldar o pensamento da sociedade. De seu ponto de vista, valendo-se de toda sorte de teoria e pesquisa, a massa seria passiva, ignorante e indefesa enquanto consome as informações impostas pelos meios. Por outro lado, o Funcionalismo acredita corresponder ao interesse desse público, apresentando a ele o que ele deseja. Segundo essa corrente, a massa não é influenciada porque consome dos meios o que deseja, ninguém a abriga a nada. Nenhuma das duas teorias detém a verdade absoluta. De fato, a imprensa é parcial e os meios tentam ditar o pensamento da sociedade, sejamos realistas. Felizmente, há aqueles que possuem senso crítico aguçado para discernir os interesses de cada veículo ou programa e suas tendências. Esse público é o público que não se deixa manipular e que muda de canal quando a programação não o agrada. Aí então é comprovado o que dizem os funcionalistas: cada um vê o que quer. Mas também há muitos telespectadores, leitores e ouvintes que ainda tomam como verdadeiro tudo o que a mídia transmite.

Daniela Mallmann Andrade – Jornalismo, turma B

Nenhum comentário: