segunda-feira, 11 de maio de 2009

Funcionalistas

Para os funcionalistas a mídia não é mais a grande manipuladora e formadora de opinião que já foi em outros tempos, embora esteja no processo, ela é considera fraca perante a influencia do receptor, este sim formador de opinião. O receptor privilegiado, líder do grupo, é o grande formador de opinião no processo. A maneira como ele recebe algo e repassa a seus companheiros tem maior importância do que como isto foi repassado pela mídia. Este receptor é o responsável por manipular uma opinião e repassá-la aos demais destinatários, assim estes passam a tornar-se sujeitos de suas ações. Em resumo, para os funcionalistas o que realmente influencia na formação de opinião é o contexto social em que as pessoas estão inseridas e as diversas opiniões da maioria dos receptores perante o que lhes é repassado. A mídia é muito mais dependente da sociedade do que o contrário, tornando-se assim, uma mídia fraca.

Exemplo Prático: Proibição de uma mulher se eleger no meio político. Esta noticia seria interpretada e recebida de diferentes maneiras de acordo com as atribuições e características sociais de determinados locais, com uma influencia muito maior do receptor em sua interpretação do que da mídia.


Opinião do Grupo
: O nível cultural elevado faz com que se diminua a influência hipodérmica da mídia e por conseqüência aumente seu caráter funcionalista. As pessoas passam a ser influenciadas por debates e argumentações e não pelo o que prega ou tenta passar determinado veículo, isso devido ao aumento do seu intelecto pessoa

Postado por: Luiz Henrique de Oliveira
Luiz Henrique de Oliveira, Majore Ribeiro e Pedro Engel
Jornalismo - 3º Período – Manhã Turma A.

Um comentário:

celina disse...

ok
primeiro período pode melhorar em pontuação

" Este receptor é o responsável por manipular uma opinião..."
melhor
filtrar a opinião