terça-feira, 26 de maio de 2009

Funk

O funk começa a ser desenvolvido na década de 60, a partir da fusão do soul, jazz e rock’n’blues, com sons repetitivos e dançantes. No início dos anos 70, houve uma explosão da música na camada mais baixa do Rio de Janeiro, surgindo os característicos bailes funk.

Segundo o antropólogo e pesquisador musical Hermano Vianna, isso seria mais um produto da indústria cultural, que tenta homogeneizar as culturas. Os jovens que dançam funk seriam vítimas do marketing, que tenta afastá-los da “verdadeira” cultura carioca, o samba.

"Houve época em que, no Brasil, era proibido sambar. Hoje, é o funk que enfrenta toda ordem de preconceitos e tentativas de desmobilização por parte de segmentos da sociedade que discriminam manifestações culturais das classes mais baixas, sobretudo as ligadas à cultura negra", aponta o deputado Chico Alencar (PSOL-RJ).

Um projeto de lei apresentado por Alencar define o funk como "forma de manifestação cultural popular" e determina que o poder público garanta as condições para a democratização da sua produção e veiculação musical. De acordo com o deputado, tal movimento é hoje uma atividade de lazer e cultura popular das mais importantes, reunindo mais de 1 milhão de jovens todos os fins de semana, apenas na Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

É difícil julgar qualquer tipo de manifestação popular, qualquer que seja sua natureza. Mas classificar o funk como um movimento cultural é incluí-lo como mais uma riqueza da cultura brasileira. O problema é que com o surgimento do estilo musical, uma indústria inteira criou-se para suprir a nova moda. Essa indústria transformou o funk num movimento de controle de massas, que influencia pessoas, não só pela música, mas também pela venda de imagens e conceitos. Para que uma manifestação popular possa ser classificada como movimento cultural, deve influenciar a sociedade de forma positiva.

Paula Correia
Renata Campos
Tali Miranda
Jornalismo Noturno

Um comentário:

celina disse...

ok texto
só achei estranha a observação:
" Para que uma manifestação popular possa ser classificada como movimento cultural, deve influenciar a sociedade de forma positiva".
o q querem dizer?