sexta-feira, 15 de maio de 2009

Hipodérmica x Funcionalista

Enquanto a hipodérmica falava de manipulação e a empírico-experimental de persuasão, esta fala de influência – uma influência mais generalizada, sendo a influência das comunicações de massa parte de algo muito maior. O ponto fundamental aqui é a associação dos processos de comunicação de massa às características do contexto social em que esses processos se realizam. Essa abordagem defende que, mais do que o conteúdo que difundem, a influência da mídia depende das características do sistema social que a rodeia; por isso sua eficácia só pode ser comprovada no próprio contexto social em que opera. Essa influência seria mais um reforço de valores, comportamentos e atitudes do que uma capacidade real de controlar e manipular, como pressupõe a teoria hipodérmica.

A teoria funcionalista, por outro lado, vai falar de funções. A idéia de um efeito intencional dos meios de comunicação de massa é abandonada em prol de uma maior atenção às conseqüências observadas objetivamente nas ações desses meios. Aqui o sistema social é entendido como um organismo cujas diferentes partes desempenham funções de integração e de manutenção do sistema, sendo uma delas a mídia. A sociologia funcionalista, preocupada com a análise dos efeitos e com a análise do conteúdo, põe em questão a teoria behaviorista do efeito direto das mensagens nos receptores, atendo-se a diferenças na recepção das mensagens, tais como idade, sexo, meio social, experiências etc.
Se pensarmos as teorias hipodérmica e funcionalista como indagações que venham definir o processo das comunicações de massa, teríamos duas perguntas distintas: os hipodérmicos perguntariam o que a mídia faz com as pessoas, enquanto os funcionalistas questionariam o que as pessoas fazem com a mídia. São perspectivas opostas observando o mesmo fenômeno: para os primeiros, o receptor é escravo da mídia; para os últimos, soberano.


Fonte: Ronize Aline Matos de Abreu

Alunas: Bábylla Miras, Bruna Oliveira, Giovana Luersen e Vanessa Otovicz.
Jornalismo - Diurno - Turma A

Um comentário:

celina disse...

"...sta fala de influência – uma influência mais generalizada..." ??
ainda q citem a fonte, não fica claro q o q fizeram foi apenas uma transcrição.
http://www.ronizealine.eti.br/download/pensamentocomplexonacomunicacao.pdf

falem comigo.