quinta-feira, 14 de maio de 2009

Mídia x Hipodérmicos

A teoria da agulha hipodérmica surgiu inicialmente no campo da psicologia e influenciou praticamente todo pensamento relacionado à comunicação da primeira metade do século passado; partindo da idéia behavoarista de que para toda resposta há um estímulo correspondente (pois não há resposta sem estímulo ou estímulo sem resposta) – e os indivíduos envolvidos neste processo são analisados conforme suas reações a estes estímulos recebidos.

A idéia de “estimulo – resposta” é essencial para a fundamentação da teoria; os meios de comunicação de Massa enviam estímulos que são imediatamente respondidos pelos receptores. Neste caso, a audiência é vista como amorfa, respondendo de imediato, e de maneira uniforme o que lhe é “imposto”.

Ao enviar um estímulo os meios teriam como resposta o que os emissores desejaram ao passar a “mensagem” (desde que o estímulo seja aplicado de maneira correta).


Exemplo: A transmissão radiofônica do romance A Guerra dos Mundos, de H.G. Wells, A transmissão foi realizada no dia 30 de outubro de 1938; e para dar maior realismo à narrativa, transformada em um noticiário jornalístico. O resultado foi uma espécie de pânico generalizado, pois muitos ouvintes ignoraram o aviso, feito antes do início do programa, de que se tratava de um programa / obra ficcional.

Alunos: Maria Luiza Iubel, Murilo Basso e Nathalie Maia
Jornalismo 3º período - Noturno

Um comentário:

celina disse...

muito bom e conciso o texto.