quarta-feira, 17 de junho de 2009

Cultura de massa: “O mundo mágico de Walt Disney”

Veículos de comunicação e também algumas marcas que atuam no mercado, usam e abusam de valores comerciais para lucrar em cima de seus produtos sem significado cultural. Sendo seus “compradores” atuantes dessa cultura de massa, conseguem facilmente os influenciar.
Em relação a Walt Disney, essa manipulação acontece de forma mais natural. Tendo como público alvo as crianças, utilizam os mais tecnológicos recursos sonoros e visuais para os atraírem.
Refazem a realidade humana na imagem da cultura americana, através da penetração do império Disney em cada aspecto da vida social - vista como modelo perfeito de família, identidade e protótipos de escolas modelos.
Ilusoriamente, estabelece relações de familiaridade com o filme, desenho, espetáculo... E transformada em objeto de produção industrial, induz ao consumo estético massificado e narcotizante.
Cria uma ilusão na mente do receptor, reduzindo a individualidade e o caráter concreto, não só de nossas experiências como de nossas imagens, encorajando uma visão passiva e apática do mundo.

Aluna: Gabriella Oliveira
jornalismo A

Um comentário:

Tsudaka disse...

Muito boa a postagem, explicou em poucas palavras uma visão geral e muito eloquente do que a Disney produz.