quinta-feira, 18 de junho de 2009

TRANSIÇÃO SOCIAL EM TEORIA

Dentro da 2ª Geração da Escola de Frankfurt, foi construída a teoria crítica de comunicação e do ideal. A mudança da visão Frankfurdiana foi se extinguindo e a interação social entre os homens veio à tona.
Sabe-se ainda que para Mauro Wolf, “...o papel central da televisão como meio de diversão é válido quer para os mais instruídos, quer para os menos instruídos e, provavelmente, também para outros sectores da população, ...” – Mass media: contextos e paradigmas, Novas tendências, Efeitos a longo prazo, O newsmaking (Mauro Wolf).
Com a relação social mais abrangente, a televisão foi se apropriando deste meio, e usufruindo da mídia para interceptar, ou ainda, interagir com este meio social. Construindo assim, uma nova tendência de perspectiva global. As teorias surgiram com um modo de explicar essa transformação que a sociedade e os meios de comunicação se interagiam, e interagem hoje.

NATHALIE SANTINI MAIA

3º período
Jornalismo - Noite

Um comentário:

celina disse...

ok.
o texto pode ser aprimorado.
a referencia da fonte pode fazer assim:WOLF, 1998, p. x)