sábado, 12 de setembro de 2009


Conversas, vinil, cerveja, rock. Tudo isso eu encontro no lugar que mais me identifico em Curitiba, a loja de discos Vinyl Club. A galeria onde está a loja era um antigo cinema, e do outro lado da rua está a Secretaria da Cultura. Não poderia existir um lugar mais condizente com a atmosfera da loja que o atual. A troca de conhecimentos entre os freqüentadores é fantástica, colecionadores e apreciadores de todas as idades trocam informações e cultura enquanto ouvem um bom disco. Ocasionalmente, acontecem pockets shows dentro da loja, e ai é mais mistura ainda, todos os tipos lá dentro – todos os tipo dentro daqueles que se identificam com o ambiente - cada um passando um pouco de sua cultura pro outro. O dono da loja é um carioca simpático e acolhedor, até me deixa dormir no mezanino. Foi por encontrar em um só lugar tantas coisas que me agradam e que me identifico que escolhi a Vinyl Club.

Renata Campos
Turma U
Noite

Um comentário:

acadêmicos do segundo ano de Jornalismo da PUCPR disse...

bacana a ideia de pensar o lugar, no caso esse mais diferenciado dos escolhidos por aqui. só falta articular o hall...