sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Boas lembranças

Depois de muito pensar, descobri que, como uma típica "curitiboca" não me identifico com apenas um, e sim com vários pontos da cidade. Na falta de um lugar específico, resolvi escolher o "senso comum" que, no fim das contas, traz boas lembranças. Durante muitos anos estudei no centro de Curitiba e, todos os dias, passava pela R. XV de Novembro depois da aula, com alguns amigos. Andávamos, brincávamos e nos divertíamos com os mais variados artistas que aparecem por lá, que vão de palhaços e homens-estátua a cantores e pintores. Às vezes simplesmente sentávamos em um dos famosos bancos pra ver o tempo passar, em uma época sem grandes preocupações e que deixa saudade.


Patricia Fernanda - Jornalismo B - Manhã

Um comentário:

celina disse...

sem dúvida uma das representações mais fortes da cidade. legal!