sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Identificação e Curitiba



Minha família vem de Santa Catarina, mas eu nasci aqui. Cresci com todos felizes por estarmos indo para lá, pois a identificação deles lá é maior. Comigo é exatamente o contrário. Apesar de ter passado muito tempo lá e de ter várias influências da cultura do lugar, me sinto em casa quando estou aqui.

Mas é difícil escolher apenas um lugar, pois me identifico com quase toda a cidade. Gosto, como muitos já colocaram aqui, do cinema, do museu. Gosto de estar na companhia de amigos. Mas é impossível dizer apenas um só que eu me identifique mais. Como o sujeito de identidade fragmentada descrito por Stuart Hall: "A identidade plenamente unificada, completa, segura e coerete é uma fantasia. Ao invés disso, à medida em que os sistemas de representação cultural se multiplicam, somos confrontados por uma multiplicidade desconcertante e cambiante de identidades possíveis, com cada uma das quais poderíamos nos identificar - ao menos temporariamente".

Gisele Eberspächer
Jornalismo B

Um comentário:

celina disse...

ok, ótima justificativa com hall.
boa leitura.