quarta-feira, 9 de setembro de 2009

MON


A mistura da arte do Museu Oscar Niemeyer com a área verde do Bosque do Papa faz com que eu me encante cada vez mais por lá.Passo tardes inteiras. As pessoas, meus amigos, o espaço, tudo me faz bem. Como Stuart Hall argumenta,a vida moderna está centrada no coletivo, sendo as sociedades do mundo contemporâneo caracterizadas pela diferença, principalmente cultural, dando-se certa ênfase ao conceito de tradução, que consiste em tentar fazer com que a cultura se inove dentro da tradição. A fascinação pelo diferente, também comentada pelo Hall, é um dos motivos do meu encantamento por lá, por poder encontrar lá o mais variado tipo de pessoas e tribos. É o lugar que faz eu me sentir fora da “selva de pedras” e também fora da rotina.
Clarissa Herrig
Jornal B

Nenhum comentário: