sábado, 12 de setembro de 2009

Victor


São inúmeros os locais com que me identifico, por nascer e crescer aqui mesmo. Desde os parques mais conhecidos, praças e restaurantes até a pré-escola em que estudei e colégios. Mas de todos os lugares, talvez a Av. Victor Ferreira do Amaral seja a mais importante.
Além da avenida ser rota obrigatória do caminho para casa, foi constante durante infância e adolescência. Freqüentei durante alguns anos o Ginásio Tarumã, e o trajeto ginásio-minha casa era feito a pé. Às vezes era divertido, pois estava com amigos e dando risada, em outras situações era insuportável a caminhada: o paredão do Jockey Club parecia infinito. Hoje, sempre que passo pela Victor me sinto em casa, não importa quão longe estava, ou por quanto tempo estive fora, a avenida me faz estar de volta. Me identifico com cada canto dela.
Karyme Kaminski - jornal B

Nenhum comentário: