quinta-feira, 11 de março de 2010

Debate

Tragédias naturais estão em pauta ultimamente. Com a seqüência de fenômenos ocorridos nos últimos meses a mídia se dedicou a cobrir os fatos abordando-os em visões diferentes.

É papel do jornalista procurar a verdade e informar o leitor da situação presente. Mas com um tema tão polêmico, e tão comercial alguns veículos distorcem seu papel e usam o apelo emocional para vender. É importante levar ao público uma visão mais humana, porém, o sensacionalismo entra em cena e confunde a meta principal.

No fim, população é a grande prejudicada, pois tem acesso a uma informação manipulada pela economia e absorve tudo de maneira traumática, uma vez que o apelo emocional tem sido o principal foco.

Alunas: Ana Luiza, Amanda Hecke, Camila Matta, Letícia da Costa, Rhânele Kiatkoski - Jornalismo (Manhã)

Um comentário:

celina disse...

conclusão objetiva, levantando uma questão importante q é a do impacto da notícia traumatizando o receptor.