quinta-feira, 8 de abril de 2010

Ciberlegenda - Vera Veiga

O texto Ciberlegenda da Vera Veiga abre uma reflexão entre o objeto, as teorias e paradigmas da Comunicação. Segundo a autora, seu conteúdo não é claramente definido e a bibliografia específica é escassa. Isto se deve ao fato de que como disciplina, deveria apresentar conhecimentos científicos consolidados pela tradição, fruto de uma perspectiva da própria comunicação, porém o que se observa é que esta disciplina é carente de objeto, de bases teóricas e de metodologia, resultando em instabilidade e incerteza quanto aos domínios desta área. O acervo de estudos e correntes encontrados nesta área, não são referências especificas da área de comunicação e sim referencias de todas as ciências sociais, levando assim a uma espécie de falta de identidade própria, ou seria apenas a falta de um esquema organizador das teorias – um paradigma – um esquema cognitivo que permitiria ver sobre o ângulo da Comunicação? Os paradigmas disponíveis nesta área mostram-se simplistas e frágeis, pois são resultados da falta de especificidade na área, falta de consistência nos estudos e ancorados em questões propostas por outras áreas. A carência na área da comunicação seria proveniente da falta de um posicionamento mais científico, o que permitiria ao profissional expor conhecimento sob o ponto de vista da comunicação como ciência.
Alunas: Mariana Hillbrecht – Bárbara Lobo – Simone Sadoski

Nenhum comentário: