sexta-feira, 23 de abril de 2010

Hipodérmicos X Funcionalistas

No texto Hipodérmicos tardios versus funcionalistas inconscientes, Juremir Machado da Silva compara a teoria hipodérmica e a funcionalista. A primeira considera o público fraco e o emissor forte, utiliza-se da comunicação persuasiva, de psicologismos e pressupõe que a massa é alienada, atomizada e submissa. A segunda, totalmente contrária, diz que a manipulação é impossível, e não considera mais o receptor tão passivo. Para os funcionalistas o receptor é líder de opinião e sabe filtrar as informações que recebe, bem como sabe repassá-las para outros. De acordo com Atallah a recepção é seletiva.
O profissional do jornalismo, considerado funcionalista, acredita em uma sociedade plural, sendo assim, ele só pode pensar no seu receptor como uma pessoa que escolhe de acordo com as suas necessidades, por isso não pode ser manipulado. Já o Hipodérmico acredita que o receptor é uma vítima da mídia e não tem escolha própria.O funcionalista quer saber do que as pessoas gostam para saber como atingi-las.
Apesar de serem duas teorias totalmente distintas, as duas se preocupam com a eficácia da mensagem.


Angélica Mujahed
Camila Machado
Marilia Alberti
Thayse Nascimento

Um comentário:

celina disse...

ok, sintético, objetivo.