sexta-feira, 9 de abril de 2010

Lasswell e a hipermídia


O cientista político Harold D. Lasswell foi um dos principais teóricos da comunicação nos EUA. Para explicar a estrutura e a função da comunicação na sociedade, ele desenvolveu um modelo teórico geral, que gira em torno do princípio de mídia como agente articulador da sociedade. O modelo explica a interação entre elementos da comunicação através de um modelo linear, que leva em conta a articulação das partes como o todo, a vigilância sobre o meio e a transmissão da herança social. A chamada Teoria da Informação é voltada para a compreensão da mídia como uma instituição central na sociedade. Porém, atualmente, o modelo de Lasswell é considerado datado, uma vez que a nova comunicação não pode mais ser considerada linear. A cada dia surgem novas formas de acesso à informação, como resultado do desenvolvimento e da formatação das novas mídias. Novos conceitos, como interatividade, imersão e leitura não-linear, viabilizados pela convergência tecnológica nos meios de comunicação, estão surgindo. Pode-se considerar que vivemos na era da hipermídia. Ou seja, usamos e até dependemos de meios estendidos, que oferecem diversas possibilidades ao usuário: ver, ouvir, escrever, falar, entre outros. O modelo de Lasswell foi o primeiro a ser dirigido especificamente para a comunicação, sempre terá seus méritos. Porém é necessário que os novos pesquisadores fiquem atentos às novas transformações na mídia. Ou melhor, na hipermídia.

Laura Moreira Sliva, terceiro período de Jornalismo - Manhã

Um comentário:

celina disse...

"que leva em conta..." -melhor: função.
" A chamada Teoria da Informação é voltada para a compreensão da mídia como uma instituição central na sociedade." -não entendi, acho q vc confundiu. reveja, por favor.