quarta-feira, 7 de abril de 2010

Reflexão sobre Paradigmas da comunicação

> Partindo do princípio de que “as mensagens são unidades de sentido”, a falta de um objetivo específico nos estudos da Teoria da Comunicação não pode ser vista como um defeito da disciplina. A renovação constante oferecida pelas diversas areas de conhecimento abordadas na Teoria da Comunicação apenas revela seu objetivo maior. Ao explicar os princípios da comunicação, se vale de conteúdo diversificado que ampliam o horizonte de definições, ao mesmo tempo que redefine seus significados dentro desta nova perspectiva.

> Ao mesmo tempo, é preciso estabelecer qual é o objetivo de interdisciplinaridade. Na sala de aula — ambiente de questionamento — a simples exposição dos conteúdos deve ser precedida de uma análise de sua função para os estudantes de Jornalismo. O curso e a profissão estão hoje na berlinda, a procura de novos lugares em uma sociedade que consome informação, e não quer ser questionada quanto à qualidade ou função social. Se cabe ao jornalista ser mediador da notícia para o leitor/ouvinte/usuário, seu papel de agente de mudança precisa ser revisto.

> Enquanto a disciplina de Teoria de Comunicação permacecer hermética — quando regula o saber em função de autores ou teorias em si sem contato com o mundo real — o trabalho do jornalista será reduzido a um mero digitador de ideias alheias, ou a replicar conteúdos irrelevantes ao seu papel social.


Alex Bark | Clecyo Albertho | Diego Marinelli | Ricardo Bark

3º Período de Jornalismo, noite

Nenhum comentário: