domingo, 19 de setembro de 2010

Campo do Santana


Está mais que claro que a principal conclusão é a qual Stuart Hall fala que as transformações estão mudando e não existe uma identidade única. A identidade é constantemente transformada de acordo com o meio que o indivíduo está inserido. E desse modo, me identifico com o Campo onde eu jogava bola na infância e conforme eu fui crescendo. Decidi mostrar esse lugar pois foi muito importante para mim como um todo e fez parte da minha vida, fazendo também o que eu sou hoje como pessoa, de todos os fatos e acontecimentos que ocorreram num simples gramado com quatro linhas em volta e duas traves em cada ponta. Pode parecer meio clichê isso, mas a questão é que foi algo com o qual eu vivenciei bastante, e gostaria de vivenciar mais, não tanto ali, mas em outros lugares. Hoje aquilo não faz mais parte do meu cotidiano, e como Hall fala, 'as transformações estão mudando e não existe uma identidade única', assim, hoje o meu cotidiano é baseado na PUC, que é onde eu e mais milhares de pessoas tem suas vidas centradas.

Thiago Rodrigo 4º Período - Jornalismo

Um comentário:

celina disse...

a sua reflexão é consistente, ainda que vc pouco explicite o hall.