quinta-feira, 16 de setembro de 2010

FEIRA VEGETARIANA EM CURITIBA


Cresci e estou inserido numa cultura onde o consumo de carne é algo altamente comum. Concordo com Hall quando é dito que diferentes receptores veem a mesma coisa de forma diferente. Já faz dois anos que me tornei vegetariano e que considero a abstinência de carne algo saudável a todos os habitantes do planeta. Digo isso principalmente do ponto de vista da ecologia e do respeito a quem (os animais) não consegue protestar. O raciocínio é simples: se existe uma alimentação que supre todas as necessidades nutricionais e que não é necessário matar um animal, por que não aderir?? Muitas pessoas pensam que nessa dieta existe a falta da vitamina B12, mas isso apenas para quem decide ser vegano, ai tem que repor(lembre-se existem três tipos de vegetarianismo), outro argumento comum é que o vegetal também morre da mesma forma que o animal. Porem poucos se lembram que o sistema nervoso que é responsável pela sensibilidade, no caso do animal é muito mais desenvolvido que o de um vegetal. Para quem nao sabe todo sábado( ao menos é pra ter, já houve ocasiões em que não teve ou teve menos barracas) tem feira vegetariana na Praça 29 de Março. Na feira tem diversos tipos de comidas(todas vegetarianas) e também conta com uma barraca destinada a informação com materiais/livros sobre alimentação vegetariana e temas relacionados como: o impacto de uma alimentação a base de carne para o meio ambiente e o que realmente passam os animais que estão destinados ao abate ou a pesquisas de laboratorio. O pessoal da feira é bem agradável e a praça é um lugar bem gostoso de se fazer um lanche e passear num sábado de sol. Vale a pena!

Rubens Moreira da Silva Neto
Jornalismo, 4ºp - Manhã

Um comentário:

celina disse...

ótima forma de apresentar a proposta e pensar uma das suas identidades.