sexta-feira, 17 de setembro de 2010





Gosto de muitos pontos de Curitiba, mas o Jardim Botânico é um desses lugares que sempre estou passando na frente ou indo de passeio. Freqüento o parque desde nova, eram quase todos os finais de semana que passeava com minha família por lá. Encontrávamos de turistas se exercitando até capoeiristas treinando perto do lago.


O parque é lindo e muito cheio de vida. Quando quero relaxar é para lá que vou. Não sou muito fã de exercícios físicos, mas tenho a opção de passar uma tarde de sol debaixo de uma árvore lendo um livro, ou simplesmente chamar alguns amigos de infância que moram perto do local para conversar e me distrair.

Publicado por: Thays Schumacher

Um comentário:

celina disse...

legal...identidade ligada à memoria, à familia...aspectos de discussão no percurso das novas identidades.