sexta-feira, 17 de setembro de 2010


"A identidade é formada e transformada continuamente em relação às formas pelas quais somos representados nos sistemas culturais que nos rodeiam" (Hall).
Essa é a afirmação de Stuart Hall e por meio dela consigo compreender muitas situações presentes em nosso tempo, dentro de nossa sociedade.

Todos sabemos e é fato que o ser humano tem a grande capacidade de influenciar e ser influenciado. Esse ato, influenciar e ser influenciado acontece conseqüentemente por estarmos inseridos dentro do Sistema Capitalista (fortes e fracos).

O que nos torna mais firmes em nossa identidade são os nossos valores, estes que adquirimos de berço até nossa fase adulta.
Identidade esta ligada a essência de uma pessoa. Stuart afirma que ela é transformada, não discordo, porém, entendo que essa afirmação apenas esclarece o porque temos atualmente jovens que apenas “seguem a onda” e não assumem uma única identidade e se tornam mais um no meio da multidão. Jovens que não conseguem gerar transformação no ambiente que vivem porque simplesmente se transformaram na adolescência e juventude em um “Maria vai com as outras”. Deixo claro que isso não ocorre com todos mas isso é real e presente em nossa sociedade.

Meu lugar na cidade de Curitiba mostra uma característica da minha identidade e por meio dele é possível saber de meus valores e um pouco de “quem eu sou”.
Não é único lugar mas esse é um dos que mais gosto mais invisto tempo, esse lugar é onde trabalho. Amo estar nele por causa das pessoas e por minha vocação. Mesmo diante da realidade de histórias, educação e estilo diferentes nos tratamos como família. Nosso departamento é bem visto por todos devido ao amor e cuidado que temos um para com outro. Somos conhecidos como “família comunicação”. Os trabalhos por conta desse relacionamento tem resultados mais efetivo e com certeza mais elogiado. Posso sem dúvida dizer “This is home”.

Kelly Oliveira
Jornalismo Noturno

Um comentário:

celina disse...

comentando o seu terceiro parágrafo:
é justamente a dificuldade de ter objetivos uma das coisas que geram a " perda do sentido de si" do hall - consequencia do nosso tempo. aí o individuo, jovem ou não, mantem-se passivo, consumista etc - sem crítica. mas é uma discussão bastante longa, sem dúvida.