sexta-feira, 17 de setembro de 2010


Não sou de Curitiba, e desde que cheguei aqui procurava um lugar onde eu pudesse me sentir em paz, comtemplar o silêncio e colocar a cabeça em ordem. Quando fui ao Jardim Botânico, consegui encontrar tudo isso e muito mais. Um refúgio particular de todos os meus problemas. Desde que fui lá pela primeira vez, senti a energia do local e consegui chegar próximo dos locais que eu me identificava em minha cidade.
Hoje, o Jardim Botânico serve como refúgio dos dias agitados em Curitiba, da loucura da faculdade e do trabalho. Creio que esse belo lugar, cause esse efeito não só em mim, mas também em outras pessoas como jovens e pessoas que buscam tranquilidade para seus pensamentos.
A beleza do lugar junto com a imensidão de mata verde em uma capital tão movimentada, faz com que o Jardim Botânico se torne um dos locais mais bonitos de Curitiba para se passar uma tarde lendo um livro ou apenas deitado na grama olhando o céu.

Danilo Almeida - 4º Período - Noite

Um comentário:

celina disse...

bom texto.
falta o hall...