sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Parque São Lourenço


O local com que me identifico em Curitiba é o Parque São Lourenço. Assim como diz o ditado popular “Eu quero sombra e água fresca”, o local me transmite paz, propicia descanso e sossego. Num século marcado pelo trabalho contínuo, falta de tempo, maior exigência intelectual, são lugares tranqüilos e naturais que tem agradado não só a mim, mas também a grande maioria das pessoas. Assim como diz Stuart Hall, é por conseqüência da globalização que o mundo se tornou mais unificado e que as identidades culturais se tornaram homogeneizadas e simplistas.
Talita Midori Inaba - manhã

Um comentário:

celina disse...

ao mesmo tempo, a identidade não é mais centrada... (só pra complementar o seu pensar)