quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Guy Debord foi um escritor francês e um dos pensadores da Internacional Situacionista e da Internacional Letrista.
Fortemente influenciado pelo livro “O Capital”, de Karl Marx, Debord apresenta ideias fundamentadas no autor alemão apontando críticas ao modelo capitalista. Entretanto, o francês também critica o socialismo.
Sua ideia central parte da premissa de que o valor é o trabalho socialmente necessário para a produção de uma mercadoria (Marx).
Fundamental para o capitalismo, essa realidade é considerada alienadora para Debord. O autor critica a organização social existente em um país capitalista e afirma que esta é uma dominação da burguesia sobre o proletariado e classes menos favorecidas.
Para Debord, a alienação é mais do que uma descrição de emoções ou uma condição psicológica particular do indivíduo, mas está relacionada a esta luta de classes dentro de todos os membros da sociedade. Com o objetivo de contornar isso, Debord alega que a única forma de superar tal realidade é destruindo os valores burgueses como a submissão ao mundo do trabalho.

Fontes:

http://www.ebooksbrasil.org/eLibris/socespetaculo.html
http://guy-debord.blogspot.com/
http://www.espacoacademico.com.br/048/48cpinto.htm
http://www.scribd.com/doc/2230734/guy-deboard-sociedade-do-espetaculo


Ricardo Rüppell Paraná Júnior - Monica Carvalho de Melo
4º Período - Noturno - Jornalismo

Nenhum comentário: