domingo, 27 de fevereiro de 2011

Comunicação como Seleção - segundo Niklas Luhmann

"A comunicação é um conceito central na teoria sistêmica do sociólogo alemão Niklas Luhmann. Segundo o autor, a comunicação e não a ação, como postulado em muitas teorias, é a unidade elementar que constitui os sistemas sociais. A ação é, na verdade, a unidade elementar que faz o sistema observável. É com base nessa compreensão que ele se dedica a análise da comunicação. Segundo Luhmann, que opera na sua teoria com um elevado grau de abstração, a comunicação é compreendida como um processo de três diferentes seleções: a seleção da informação, a seleção da participação(´Mitteilung`) dessa informação e a compreensão seletiva ou não-compreensão dessa participação e sua informação.
Somente mediante a efetivação das três seleções acima mencionadas, realiza-se a comunicação, que é vista pelo autor como constituindo um sistema completo, circunscrito a si mesmo. Nesse sentido, tais seleções não devem ser vistas simplesmente como funções, atos ou horizontes para pretensões de validade, ainda que essas possam ser ocasionalmente possibilidades de sua utilização. Não devem ser também consideradas apenas como elementos da comunicação, com possibilidades de existência independentes, os quais teriam que ser unidos por alguém. Segundo Luhmann, a comunicação é um sistema fechado completo, formado pelas três seleções básicas mencionadas, as quais não podem existir uma sem a outra, ou seja, 'não há informação fora da comunicação, não há participação fora da comunicação e não há compreensão fora da comunicação.'"
Grupo:
Carolina Chinen Machado
Daniela Maccio
Fernanda Brunken
Fernanda Vargas

Nenhum comentário: