sexta-feira, 29 de abril de 2011

Revista Época - Tema: Realengo

A revista Época deu bastante ênfase à tragédia do Realengo, contando com muitas páginas, abrangendo vários aspectos do fato ocorrido, desde como foram os primeiros passos do assassino Wellington de Oliveira, até o momento de entrar no colégio e matar 12 alunos. O acontecimento provocou comoção por parte de todos, no Brasil e no mundo. A revista também abordou assuntos como os problemas psicológicos passados pelo criminoso, pois quando era adolescente, sofreu bullying pelos colegas.
Identificando as características da notícia a partir dos valores-notícia, compreendemos que o impacto da tragédia do Realengo é mundial, porém, na revista Época, sendo uma publicação nacional, o fato tem impacto e interesse nacionais. O episódio tem um alto grau de relevância e grande evolução, pois é de interesse geral. Há uma alta disponibilidade do material, próximo ao fato, informa de maneira clara e precisa. A revista tem uma qualidade boa, informa em um estilo simples, com o auxílio de fotos e imagens. Por ser uma publicação semanal, abrange melhor o assunto, com detalhes, aproximando-se do jornalismo literário, porém, não dá furos, por não ser diária. Os valores-notícia são: violência, morte, quantidade de vítimas, valorização humana, proximidade e impacto.
A revista publicou por duas edições seguidas matérias sobre o assunto do Realengo, nos exemplares de 11 e 18 de abril de 2011, abrangendo de 16 a 19 páginas. Os jornalistas mostraram muitas imagens e fotos do momento em que as famílias receberam a notícia da tragédia, destacando bastante o sofrimento. Também há retratos do assassino antes do drama e de depois que ele cometeu suicídio. Na edição de 11 de abril, a capa é composta pela cor preta, mostrando uma silhueta, no caso de Wellington de Oliveira, dando tom de dramaticidade ao acontecido. Na publicação de 18 de abril, há somente uma chamada sobre o assunto, pois a matéria de capa é sobre o casamento real.



Aline Gagliardi Hobmeier
Gabriela Filipi Rodrigues
Gleize Perez Alvim de Oliveira
Isabella Roberto da Rosa
Karen Mendonça Okuyama


Jornalismo - 3° período - manhã

Um comentário:

celina disse...

bom modo de ir apresentando os valores-notícia

morte, violencia = negatividade?