terça-feira, 31 de maio de 2011

Análise TV

Analisamos o meio televisão a partir de três emissoras: A TV Araucária, acompanhando a repórter Gabriela Bastos, CNT, com Giovanna Pereira, e Jogo Aberto, com Napoleão de Almeida. Com esse estudo, é possível mostrar o trabalho do repórter no dia a dia da, desde a produção de pauta até a divulgação da notícia. Nesse aspecto, o repórter fica responsável pela elaboração de temas, idéias que possam ter um gancho noticioso. Como as emissoras não dispõem de uma equipe completa, e o repórter fica com várias funções acumuladas na redação. Logo pela manhã, o repórter começa a produzir as pautas, e até buscando fontes e novas idéias para as pautas do dia seguinte. Todo o processo, desde a produção da pauta até a divulgação do fato exige muito trabalho e dedicação do repórter, que chega a envolver até mais de oito profissionais, incluindo a parte gráfica. São 24 horas por dia antenados com os principais jornais, rádios, sempre tentando fazer o furo da notícia antes dos concorrentes e assim ganhar credibilidade.
Não existe nenhum tipo de glamur no processo de apuração da notícia, mas muito trabalho e dedicação total por parte de todas as pessoas envolvidadas na elaboração e edição da notícia. O relacionamento com as fontes se mostra firme e sem troca de favores para adquerir informações nos três casos analisados.
A entrevistada Gabriela aponta que em uma emissora de baixo alcance, o principal valor notícia é a proximidade, o que possa se refletir na cidade diretamente, além da visualidade, portanto o que gera mais imagens ganha mais espaço.


Alunos: Daphine Augustine
Felipe Dalke
Jasson Wolff
Jhonny Castro
Raphael Ribeiro

Um comentário:

celina disse...

ok, boa sintese.