domingo, 29 de maio de 2011

João-Lucas-Renan

Claramente percebemos que em todos os casos dos nossos entrevistados, a internet e as redes sociais passaram a ser um meio de buscar informações para pautas. No caso de Ângelo Binder repórter da Gazeta do Povo, quem faz as pautas é seu editor, que faz uma reunião logo cedo pedindo todos os possíveis assuntos para o dia.
Rodrigo Sell, repórter da Tribuna do Paraná além dos meios virtuais não abre mão dos meios conhecidos de determinada área como dirigentes e comissão técnica no caso quando o assunto é futebol.
Para Renan Colombo, editor do Jornal de Londrina a internet também é outro meio muito utilizado para buscar pautas. Na ausência de um pauteiro até Renan se torna responsável por sugerir pautas. Para isso ele sempre lê os principais jornais do estado e acompanha até mesmo por Twitter possíveis informações que sejam de relevância para seus leitores
O que não deve ser esquecido é sempre fazer uma boa apuração da informação obtida, já que a internet é um meio aberto a todos e qualquer um pode por sua opinião ou divulgar algo que não seja verdadeiro. O valor-notícia aqui é definido por aquilo que interessa aos leitores, algo que faça parte do seu cotidiano. Bolsa de valores, política e coisas que possam alterar a rotina de trabalho e até de vida do leitor.

Um comentário:

celina disse...

d´uma boa visão geral.