segunda-feira, 30 de maio de 2011

Rotina na Televisão

No trabalho observamos que o jornalista tem o papel de prestador de serviços a população. A noticia deve chegar ao conhecimento de todos para que as autoridades possam tomar as devidas providências. Para as duas entrevistadas, o valor-notícia principal é a utilidade pública. Por isso também é importante que se leve em conta a relevância dos fatos no que se refere à proximidade em que eles ocorrem.
Na rotina de produção da notícia, as fontes são peça-chave. De acordo com Gil de Carvalho, a escolha das fontes precisa ser feita com responsabilidade. E Para Isabela Scalabrini, as reportagens devem ter muitas fontes, mas todas elas devem ser confiáveis. É importante também ressaltar que, para ambos os entrevistados, todos os lados de um acontecimento devem ser ouvidos e levados em conta na hora de produzir a notícia.
O jornalista é jornalista em tempo integral. Ele precisa estar atento a tudo que acontece, inclusive em fatos do dia-a-dia, como uma ida ao supermercado, uma conversa entre amigos ou até a fila do banco, por exemplo. Mas ao transformar esses fatos em notícias, é necessária responsabilidade.
Na televisão, assim como em outros veículos a função do jornalista é similar no que se refere à ética, apuração de fatos e vontade de servir a população. Em relação à hierarquia, todas as pessoas que trabalham em um veículo são essenciais no processo de produção. Uma reportagem mais complexa precisa passar por vários jornalistas, inclusive por todos os chefes de redação, editores-chefe e produtores.

Carolina Chinen
Daniela Maccio
Fernanda Vargas

Um comentário:

celina disse...

considerações ok. o texto poderia ser aprimorado.