quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Identidade



Eu me identifico com o a Rua XV de novembro. Mesmo morando na região metropolitana (Fazenda Rio Grande) desde pequena vou até lá para passear, antes era sempre com minha mãe, e agora também vou sozinha. Minha cidade cresceu consideravelmente em sua parte comercial, mais sempre que penso em roupas e calçados me desloco da Fazenda até Curitiba (Rua XV). Eu Gosto do movimento de pessoas, gosto das diferentes situações simultâneas que se desenrolam por lá. Em um lado da rua podemos presenciar um músico com seu violão cantando sertanejo, e do outro um pastor com a bíblia na mão orando por todos nós. Para Stuart Hall nossa identidade é móvel e sempre vai passar por modificações, estas mudanças vão depender das nossas relações. Mesmo acompanhando nos noticiários situações violentas na Rua XV, como assaltos, assassinatos e brigas, me sinto segura lá, e quando tenho tempo sento nos bancos de praça espalhados ao redor da rua, e fico olhando o vai e vem das pessoas.


A perspectiva da minha imagem relata bem em que "ângulo" eu enxergo o local que escolhi: As diversidades culturais da rua.

(imagens e texto: Jessyca Milene Cardoso)


Um comentário:

celina disse...

ótimo exercício!
relação com hall, fotografia, posicionamento.