quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Michel Foucault

De acordo com o filósofo Michel Foucault, a mídia é detentora do poder e molda hábitos de consumo. Trocando em miúdos, Foucault afirma, bebendo da fonte da teoria crítica, francês que o receptor é bombardeado e é potencialmente manipulado pela indústria cultural. Foucault diz também que "O poder precisa da produção de discursos de verdade.. "Somos obrigados pelo poder a produzir verdade", nos confessa o pensador, "somos obrigados ou condenados a confessar a verdade ou encontrá-la.Estamos submetidos à verdade também no sentido de que ela é a lei, e produz o discurso da verdade que decide, transmite e reproduz, pelo menos em parte, efeitos de poder." Porém ao contrário dos radicais neo-marxistas que vêem o indivíduo passivo e impossibilitado de reagir ao Sistema capitalista, o pensador francês é otimista e defende que o receptor pode ser ativo e reagir às grandes mídias.

Podemos tomar como exemplo, as análises de audiência feitas nos últimos tempos. A Rede Globo, mesmo líder, vem perdendo pontos gradativamente, o que mostra um avanço no poder de escolha do telespectador.


André Recchia

Yan Carlos

Um comentário:

celina disse...

nao fizeram a postagem do pensador definido pra vcs.