quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Michel Maffesoli

O teórico Michel Maffesoli é sociólogo francês, professor, diretor do Centro de Estudos do Atual e do Quotidiano (CEAQ) da Universidade René Descartes em Sorbonne, Paris e diretor do Centro de Estudo sobre o Imaginário. Maffesoli é um dos pensadores mais influentes quando se trata da análise sociológica da época histórica denominada Pós-Modernidade, ou seja, a época contemporânea.

A teoria da Pós-modernidade para o teórico tem como fatores principais: o compartilhamento da imagem, central na vivência do indivíduo ou pessoa; compartilhamento do imaginário, que é algo que ultrapassa o indivíduo, que impregna o coletivo ou, ao menos, parte do coletivo e o compartilhamento do corpo, funcionando como uma espécie de comunicação ou linguagem para diferenciar as pessoas nas denominadas tribos, que através da identificação de características, as pessoas forma grupos e compartilham dos mesmos gostos e hábitos.

Michel Maffesoli é autor de reconhecidas obras como “A transfiguração do político: tribalização do mundo” (2005) e “O tempo das tribos – o declínio do individualismo” (2006). Michel Maffesoli recebeu o grande prêmio das ciências humanas da Academia Francesa em 1992 por “A Transfiguração do Político”. Ele é vice-presidente do Instituto Internacional de Sociologia, fundado em 1893, por René Worms, e membro do Instituto Universitário da França desde setembro de 2008.

Gabriela Campos, Isabella Rosa, Penélope Miranda e Tiago André

Sites para referência:

http://www.socitec.pro.br/michel-maffesoli-1944/

http://www.revistasusp.sibi.usp.br/scielo.php?pid=S1678-51772010000200011&script=sci_arttext


Um comentário:

celina disse...

bom estudo.

obs: na Sorbonne.