quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Paul Virilio



Paul Virilio considera a era da informática como algo perigoso, pois leva os indivíduos a perderem a noção da realidade ao proporcionar uma quantidade absurda de informações e aproximar distâncias que não deveriam ser quebradas. Ou seja, toda invenção tecnológica no momento de sua criação ao mesmo tempo cria um defeito, que mais cedo ou mais tarde trará a morte de todos nós. Sua frase mais conhecida é “A invenção do navio foi também a invenção do naufrágio”, que explica a causalidade e pode ser aplicada em praticamente qualquer coisa. Nos últimos 30 anos Virilio vem repetindo basicamente a mesma coisa, de forma diferente e em diferentes ocasiões. É considerado um negativista as implicações dos meios de comunicação de massa, relacionando a Internet com a história e suas catástrofes.

Paul Virilio nasceu em 1932, é urbanista, filósofo, ensaísta, ex-diretor da Escola de Arquitetura de Paris, autor de A Arte do Motor, Velocidade e Política, A Bomba Informática e A Estratégia da Decepção. O livro de Virilio, Velocidade e Política, publicado em 1977, marcou o nascimento de seu conceito de dromologia, ou a lógica da velocidade. Ele foi editor de escritores como Georges Perec e Jean Baudrillard.


Fontes:

http://elearning20.net/2010/07/18/jean-braudrillard-versus-paul-virilio/

http://5dias.net/2008/10/29/paulo-virilio%E2%80%9Co-crash-atual-representa-o-acidente-integral-por-natureza%E2%80%9D/

http://www.efdeportes.com/efd64/virtual.htm


Escrito por Larissa Matos

Um comentário:

celina disse...

informações pertinentes.