quarta-feira, 18 de abril de 2012

Considerações do texto: Teorias da comunicação- hipodérmicos tardios versus funcionalistas inconsciente

No texto de Juremir Machado da Silva, é colocado a diferença entre funcionalistas e hipodérmicos.

Para o autor os funcionalistas são o receptor seria forte e o emissor (mídia) fraco, importando-se mais com o que a população quer saber. Nesse caso o receptor não é manipulável e sabe o que está adquirindo de conhecimento em casa mídia.

Já Os hipodérmicos são ao contrário. A mídia tem controle quase que absoluto sobre os receptores, manipulando e persuadindo a população.Nesse caso a massa é alienada,  e recebe tudo que a mídia passa como sendo certo e correto. Alguns teóricos acreditam que partindo do principio que o povo não escolhe o que está assistindo na televisão por exemplo, ou o que é publicado na mídia ele não faz parte desse processo criativo e construtivo da notícia. Aceitando assim o que lhe é passado.

Percebemos que a ideia principal das duas teorias são a mesma. O receptor é um papel importante em ambos os casos e depende muito do emissor. Qual linha seguir, pregar o seu pensamento e deixar a população 'alienada' sabendo seguir apenas uma linha de raciocínio. Ou mostras o que a população quer ver, e não partir do seu ponto de vista.

Equipe: Lais Capriotti, Jéssica Fernanda dos santos, Letícia Moreira
Jornalismo Terceiro período- Manhã.

Um comentário:

celina disse...

o texto fica meio confuso em função dos erros de concordancia...revisem, por favor.