quarta-feira, 2 de maio de 2012

Ramonet: O Poder Midiático


Ramonet pontua em seu texto três esferas antes existentes na comunicação. Primeiro a esfera da informação (imprensa de um modo em geral). Segundo, a esfera da comunicação institucional (publicidade, propagandas). E em terceiro ponto, a esfera da cultura de massa (novelas, esportes, quadrinho). O autor nos coloca essas esferas como quase independentes, ou melhor, autônomas entre si. Pelo menos como eram antes Revolução Digital, como colocado pelo autor, onde essas esferas se fundem em uma só, capaz de englobar todas as já citadas à cima de uma só vez. 
Dessa forma, estreitando fronteiras, ou até mesmo quebrando barreiras antes existentes entre jornalismo e publicidade. Como citado por Ramonet: “Se antes os jornais vendiam informação ao público, hoje vende consumidores aos patrocinadores”.

Talvez isso se deva a questão pontuada no texto, da notícia gratuita. Gratuita no sentido de se ter acesso facilmente há diversos meios de informação, como por exemplo: televisão, rádio, internet, jornal imprenso (meios teoricamente gratuitos). O que paga a notícia não é o valor simbólico de um jornal imprenso, por exemplo, mas o valor pago ao veículo pelos anunciantes.
Partindo desta opinião, podemos chegar a outras conclusões, como por exemplo, o que determina uma notícia, ou outra ser viável para a divulgação de um meio.
Podemos pensar de um modo funcionalista, e concluir que o jornal oferece ao público aquilo que lhe é agradável e cômodo ler, desta forma, o público cria identificação no veículo e passa a ser um cliente fiel, comprando um jornal, por exemplo, e desta forma, meio que indiretamente, se fidelizando com o anunciante. Como qualquer outra empresa, um jornal precisa se manter no mercado, precisa pagar seus funcionários, e precisa ter dinheiro para não falir. Talvez por isso, de maneira ingênua, o veículo se submeta a “escolha de notícias”.

Vale lembrar que estas conclusões no fim do texto, são os pensamentos dos integrantes desta equipe.

Harianna Silva
Helena Bianchi
Isabela Bandeira
Nivia Maria Kureke

Nenhum comentário: