quarta-feira, 13 de junho de 2012

Pop Rock e Adorno


     O Pop Rock, que surgiu nos anos 50 e não se espalhou em grande escala devido a uma resistência do jazz, começa aumentar seu público com cantores como Elvis Presley e Bill Halley.  Aos poucos, o ritmo foi conquistando a simpatia dos jovens e seus admiradores e, foi então que, na década de 80 é criada a MTV, que direciona sua transmissão ao Pop Rock e consagra ele de vez na história. Desde essa época o ritmo teve várias mudanças, tanto em seu estilo quanto as suas letras. Apesar de possui certo caráter social encontrado no Rock em geral, também encontram-se nele letras de amor ou do dia a dia.
     A mudança do Pop Rock no decorrer das décadas foi de acordo com o gosto do público e veio da necessidade das gravadoras de vender. Portanto, fazendo uma relação com Adorno, pode-se inferir que a indústria cultural deste ritmo preocupou-se apenas em vender. A essência foi se perdendo quanto as gravadoras visavam apenas o lucro, e o ritmo, a sonoridade e até as letras foram se modificando. O público não gostava mais de ouvir sobre guerras e problemas, e sim sobre romances e histórias de amor. Pode-se dizer então, que o Pop Rock se adequou a sociedade.Temos como exemplo várias bandas que foram adaptando seus estilos e padrões musicais, de acordo com a vontade do mercado, ou seja, oferecem o que o público quer e irá consumir.
      Segundo o texto “O fetichismo na música e a regressão da audição”, de Adorno, está presente na música determinados padrões de repetição estética, que pode ser analisado no Pop Rock com relação a sonoridade das músicas. Porém, em contraponto, essa repetição e padronização não pode ser encontrada nas letras e no conteúdo em si que é retratado na canção. Como já dito, houve uma mudança do Pop Rock de acordo com o gosto da sociedade e as letras, que antes retratavam mais assuntos como guerras e causas sociais e políticas, agora retratam também sobre o cotidiano e romances. A padronização citada por Adorno, pode ser inferida nestas duas situações dentro do ritmo: sonoridade e conteúdo. 
Exemplos de Popo Rock: 





Jornalismo - Manhã - 3º Período 
Bianca Luiza Thomé, Carolina Cachel, Letícia da Rosa e Mayara Duarte

Um comentário:

Celina Alvetti disse...

ok evidencia entendimento da questao.
o texto pode ser mais fluente com uma boa revisao - texto, concordancia, pontuação.